217 913 700
Dias úteis: 9:00 - 18:00
EN

Parceira no desenvolvimento de empresas em Portugal, no desempenho da sua atividade a COSEC rege-se por um conjunto de orientações, princípios éticos e políticas de qualidade. Conheça melhor o nosso compromisso e aceda aos documentos referentes ao tratamento de clientes, código de conduta de mercado, regulamento de política anticorrupção e procedimentos de comunicação de irregularidades e de tratamento de reclamações.

Código de Conduta

A Comissão Executiva da COSEC aprovou um conjunto de regras que constituem o “Código de Conduta da COSEC”, considerando que:

  • A COSEC assenta na confiança que os seus clientes, os acionistas, os colaboradores e, em geral, a opinião pública tem sobre o seu desempenho e a sua integridade;
  • Esta confiança depende essencialmente do comportamento e das capacidades individuais dos trabalhadores e dos membros dos seus órgãos sociais (colaboradores) e da sua vontade para, em conjunto, criar valor para os clientes, os acionistas e para a Companhia;
  • A consagração de princípios e de regras de conduta de carácter geral, não prejudica a adoção nem a aplicação de normas de conduta específicas;
  • Os acionistas da COSEC adotaram códigos de conduta que consagram princípios de legalidade, integridade, lealdade e independência;
  • Dado o contexto legal e regulamentar aplicável e a atividade e características específicas da Companhia, as principais regras de conduta constantes num desses códigos são mais facilmente integráveis num Código de Conduta da COSEC.

Política de Privacidade

A COSEC – Companhia de Seguro de Créditos S.A., (COSEC), com sede em Lisboa, com um capital social de Eur. 7.500.000, matriculada na Conservatória de Registo Comercial de Lisboa sob o número 500 726 000, é uma empresa de seguros com atividade nos ramos de crédito e caução, prestando os seus serviços como seguradora a outras empreses (B2B) para ajudar os seus clientes a desenvolver de forma segura o seu negócio e o comércio interno e internacional.

Na COSEC preocupamo-nos com os seus dados pessoais. A Política de Privacidade enuncia que categorias de dados pessoais recolhemos, como e por que razão o fazemos, para que tipo de utilização e por quanto tempo os conservamos. Também explicamos como o titular dos dados pode aceder, corrigir ou opor-se ao tratamento dos seus dados pessoais (incluindo a eliminação, na medida do legalmente permitido).

Política de tratamento dos clientes

Conheça a Política de tratamento no quadro de relacionamento da COSEC com os Tomadores de Seguros, Segurados, Beneficiários, Entidades risco e Entidades terceiras interessadas.

Política Anticorrupção

A reputação da COSEC baseia-se na confiança que os nossos clientes, acionistas, empregados, autoridades de supervisão e o público em geral têm na integridade da COSEC. A nossa conduta corporativa é, pois, baseada no nosso compromisso de agir profissionalmente e de acordo com os “standards” éticos mais elevados.

Consulte a Política Anticorrupção em vigor na COSEC.

Comunicação de Irregularidades

Para efeitos deste Procedimento não devem confundir-se Irregularidades com Reclamações, que são objeto de regulamentação e tratamento específicos.
São enquadráveis neste procedimento as Comunicações referentes a factos que correspondam a faltas qualificadas, nomeadamente nas matérias relativas à luta contra a corrupção, branqueamento de capitais e ao controlo interno contabilístico.

Procedimentos para efetuar uma Comunicação de Irregularidade
A Comunicação de Irregularidade poderá ser efetuada por qualquer pessoa, nomeadamente Membro de Órgão Social da sociedade, Trabalhador, Acionista, Cliente ou outro. As Comunicações devem conter todas as informações necessárias para caracterizar a irregularidade.
Devem ser efetuadas por escrito e conter a identificação completa de quem procede à denúncia. Se o pretender, essa pessoa deve indicar expressamente na Comunicação que deseja manter a identidade confidencial.

A Comunicação deve ser transmitida por carta para o seguinte endereço:
Conselho Fiscal
COSEC – Companhia de Seguro de Créditos, SA
Av. da Liberdade, 249 - 6º piso - 1250-143 Lisboa

Recomenda-se que seja aposta na frente do envelope a indicação CONFIDENCIAL, que o envelope seja colado, rubricado na zona de fecho e aposta fita-cola sobre esta, para garantir a inviolabilidade durante o trânsito.
A competência para receber as comunicações de irregularidades e determinar as ações de averiguação que se mostrem adequadas pertence ao Conselho Fiscal. Nos casos em que o denunciante tiver manifestado expressamente o desejo de sigilo quanto à sua identidade, esta apenas é divulgada aos Membros do Conselho Fiscal.
No processo interno de averiguações, quando a ele haja lugar, será assegurado que não constam elementos relativos à identificação do denunciante.
Não está assegurada proteção ao denunciante que tenha participado no cometimento de irregularidades objeto da denúncia, se se vier a comprovar ter agido de má-fé ou com falsidade ao reportar uma pretensa irregularidade que sabia não ter fundamento, ou no caso de Trabalhadores, quando eventuais medidas disciplinares decorram de violação dos deveres profissionais sem qualquer relação com a denúncia.

Abordagem Ambiental e Social

A Abordagem Ambiental e Social da COSEC no âmbito dos seguros de créditos à exportação com a Garantia do Estado é aplicável às exportações de bens e/ou serviços destinados a projetos, que envolvam prazos de crédito iguais ou superiores a 2 anos.


A Abordagem enquadra-se nas linhas orientadoras da OCDE, de acordo com os compromissos internacionais assumidos pelo Estado Português no âmbito do Grupo de Créditos à Exportação da OCDE, designadamente no texto da Recomendação sobre Abordagens Comuns, de 28 de Junho de 2012.  

A Abordagem estabelece regras e procedimentos a adotar pelos analistas de risco da COSEC em termos da metodologia de classificação, análise e avaliação de projetos com impactos ambientais e sociais potenciais, e determina a forma como é feita a divulgação pública de projetos em que venham a ser identificados impactos potenciais adversos. 
 


Com esta Abordagem, a COSEC procura manter o fomento da cooperação construtiva, não só entre os diversos intervenientes nas operações de seguro de créditos à exportação, como exportadores, importadores, instituições financeiras e agências de crédito à exportação, mas também com as comunidades locais diretamente afetadas pelos projetos e com ONG nacionais e internacionais.

Consulte aqui os respetivos documentos.