211 164 221
Dias úteis: 9:00 - 18:00
EN
portugal

 

As empresas do setor da Construção e Obras Públicas contam agora com uma Linha dedicada de Seguro Caução para Obras no Exterior com Garantia do Estado, no valor de €100 milhões, gerida pela COSEC no âmbito do Sistema dos Seguros de Créditos com Garantia do Estado (SCGE).

A criação desta nova Linha de Seguro Caução para Obras no Exterior com Garantia do Estado, que abrange a generalidade dos mercados, à exceção dos países da União Europeia, enquadra-se no Programa Capitalizar Mercados Externos e no Programa Internacionalizar, estabelecidos pelo Governo. As candidaturas podem ser, desde já, feitas online, através de scge.cosec.pt.

Construção representa 15,7% das exportações nacionais

O setor da construção atingiu, em 2017, um volume internacional de negócios de €10,7 mil milhões, o que representa um valor equivalente a 15,7% das exportações nacionais (excluindo o Turismo). Considerando apenas a atividade internacional das empresas portuguesas nos mercados internacionais de construção em 2017, verifica-se que a mesma foi distribuída por 35 países, e continuou centrada nos mercados de África e da América Central e do Sul.

No continente Africano, observou-se um crescimento de 10% do volume de negócios das empresas, para €2.438 milhões, mantendo-se como a região do mundo com maior peso no volume de negócios das empresas portuguesas de construção nos mercados internacionais, 48,2%. A América Central e do Sul foi a região onde se verificou um maior dinamismo, ao registar um crescimento de 22% face a 2016, elevando do volume de negócios das empresas para €2.094 milhões.

As empresas dos setores Metalúrgico, Metalomecânico e de Moldes contam agora com uma Linha dedicada de Seguro de Créditos com Garantia do Estado, no valor de €100 milhões, gerida pela COSEC no âmbito do Sistema dos Seguros de Créditos com Garantia do Estado (SCGE).

A criação desta nova Linha de Seguro de Créditos com Garantia do Estado, que abrange a generalidade dos mercados, à exceção dos países da União Europeia, enquadra-se no programa Capitalizar Mercados Externos e no Programa Internacionalizar, estabelecidos pelo Governo. As candidaturas podem ser, desde já, feitas online, através de scge.cosec.pt.

Um setor em crescimento

Em Portugal, o setor da metalomecânica é responsável por cerca de 18% do Produto Interno Bruto (PIB). Em 2018, as exportações do setor metalúrgico e metalomecânico aumentaram 11,3% face a 2017, para os €18.334 milhões, atingindo “a melhor marca de sempre”, de acordo com a Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal (AIMMAP).

Não dispensa a consulta da informação pré-contratual e contratual legalmente exigida.